COMO OBTER O MÁXIMO DE CONTEÚDO EM SALA DE AULA

A grande maioria dos alunos tem certa dificuldade de obter o máximo de conteúdo em sala de aula, por que muitas vezes se distraem, não tem motivação, não entendem o conteúdo.

O fato de não reter o conteúdo em sala de aula, vai prejudicar ao aprendizado dos próximos conteúdos e vai dificultar o estudo posterior para uma prova. Tem alunos que só assistem aula, sendo que na verdade eles teriam que interagir com as aulas.

Não importa se o conteúdo é chato ou difícil, você vai ter que aprender e memorizar de qualquer jeito, então o melhor que se tem a fazer é absorver o máximo de conteúdo em sala de aula, isso já vai resolver 60% dos seus problemas de aprendizado. Aqui neste post vou te dar dicas matadoras para você aplicar dentro de sala de aula e conseguir assimilar toda a disciplina dada pelo seu professor.

4 dicas matadoras de como obter o máximo de conteúdo em sala de aula

  • Eliminar a distração: as pessoas, principalmente os jovens, têm o hábito de se distrair de forma muito rápida e isso é um grande problema na hora de assistir uma aula. Neste caso você tem que eliminar qualquer foco de distração, para isso a dica que dou é sente na frente, quanto mais atrás você sentar mais focos de distração você terá e quanto mais a frente você sentar, menos foco de distração você terá. Agora para aqueles que estudam a distância, fazem EAD a grande dica é fechar todas as páginas da internet e desabilitar o Facebook, Instagram, Twitter e no telefone desativar o WhatsApp que são roubadores de tempo e atenção.
  • Anotar, anotar e anotar: se você deseja acelerar o seu processo de aprendizado, se deseja aumentar as conexões cognitivas do seu cérebro para obter o máximo de conteúdo em sala de aula a dica aqui é ANOTAR. Anote as explicações extras que o professor dá dentro de sala de aula, isso é uma poderosa estratégia para sua mente armazenar as informações. Agora preste atenção tem alunos que acreditam que gravar a aula é melhor, é bom, mas nada melhor que escrever, então se você quer gravar pode gravar, mas vai anotando tudo também.
  • Perguntar na hora: Você deve perguntar tudo o que você não entendeu, mas nunca deixe para perguntar no final da aula ou na próxima aula, o momento da pergunta é na hora que a dúvida surge. Se você quer obter o máximo de conteúdo dentro de sala, nunca vai para casa com dúvidas, pois isso só vai atrapalhar o estudo daquele conteúdo.
  • Não tenha medo de questionar: questionar é quando você não concorda com algo, ou que você tem um ponto de vista diferente. Você não é obrigado a “engolir” tudo que o professor passa para você. Portanto não tenha medo de expor seu ponto de vista, pois a partir do seu ponto de vista pode surgir uma discussão que vai fazer você nunca mais esquecer aquele conteúdo, sabe por quê? Por que você interagiu de forma pessoal com o que foi dito e explicado e aquilo que a gente interage nunca mais o cérebro esquece.

Se você gostou das informações compartilhadas nesse post, compartilhe agora mesmo com seus amigos. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para sempre estarmos criando um conteúdo relevante para você!

Fonte: www.tccpronto.com.br
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Trabalho_de_conclus%C3%A3o_de_curso

 

Ilhabela: Percorra este paraíso através de Trilhas

Ilhabela tem muito para ver e encantar. São diversas praias e cachoeiras, além de rica e vasta biodiversidade, como também Mata Atlântica preservada e nativos simpáticos e receptivos. Ainda que muitas pessoas pensem que fazer trilha é só para atletas é, na verdade, um pensamento errôneo.

Fazer trilha exige antes de qualquer coisa disposição e se você não possui nenhuma restrição médica quanto a caminhar por um grande período não há porque deixar de adentrar caminhos cheios de verde e ar puro que sempre brindam os visitantes com belos animais, rios e quedas d’água.

Então se você não tem preguiça, favor me acompanhar pela trilha deste artigo que te levará a lugares incríveis. Vamos lá?

Trilha do Poço

Essa trilha fica ao norte da ilha e no final da estrada. Assim que passar pela praia do Jabaquara você deverá seguir por uma trilha que fica próxima da costeira. Ao chegar à praia do Poço, após fazer um percurso de 4 horas, será presenteado por uma bela e refrescante cascata que cai sobre as areias e forma uma convidativa piscina para que possa mergulhar a vontade.

Trilha da Cachoeira da Laje

Já ao sul da ilha você encontrará uma trilha que te levará a cachoeira da Laje. O tempo médio gasto é de aproximadamente 1 hora de caminhada partindo do estacionamento da Ponta da Sepituba pelo caminho que leva ao Bonete.

Ou seja, pela mesma trilha é possível chegar tanto na praia quanto na cachoeira. Nesta última há piscina e tobogãs naturais para que possa relaxar e se divertir depois de realizar todo o percurso.

Trilha do Veloso

Esta é a trilha que te leva até a cachoeira do Veloso. Para chegar até ela você deve começar a sua caminhada pelo trecho que começa na praia do Veloso. Se gasta cerca de 30 minutos para chegar ao local e conferir a bela cachoeira que possui uma extensão de 1100 metros.

Trilha do Couro do Boi

Além da Cachoeira do Couro do Boi você também pode aproveitar para ir até a cachoeira da Friagem. Para isso, você deverá escolher por qual deseja ir primeiramente assim que encontrar a bifurcação que fica na metade da trilha. O tempo total de percurso é de quase 4 horas.

 

Trilha do Bananal

 

Para se chegar à cachoeira de mesmo nome você poderá escolher uma das três opções seguintes: Na região do Bananal através do Perequê, na Itaguaçu por meio da trilha que dá acesso ao Pico do Baepi ou então através da fazenda da Cocaia e depois subir a cachoeira. Em qualquer uma das alternativas escolhidas você passará pela região onde houve no passado, a plantação de bananas. O tempo médio de percurso varia entre 1 hora e meia e três horas.

 

Trilha do Bonete

 

Fica no extremo sul da ilha a partir da Ponta da Sepituba. São aproximadamente 15 km de extensão e você encontrará 3 cachoeiras durante o percurso (Lage, Areado e uma rochosa). O tempo de percurso é de aproximadamente 4 horas.

 

Trilha de Castelhanos

 

Esta é uma trilha maior e que você pode escolher por percorrê-la a pé, de moto, automóvel 4×4 já que possui uma extensão de aproximadamente 22 km. Quando for prefira as épocas de seca, pois se for em um período de chuvas encontrará muita lama e barro e, essas condições são interessantes somente aos praticantes de esportes mais radicais. O tempo médio de caminhada é de 3 a 4 horas e meia.

 

Trilha da Figueira

Para chegar à praia de mesmo nome você pode escolher dois caminhos: um mais ao sul da praia dos Castelhanos onde passará pelas praias Mansa e Vermelha ou então pela Ponta da Sepituba onde passará pelas praias do Bonete, Enchovas e Indaiaúba, onde chegará a praia da Figueira pelo lado leste.  O tempo médio de caminhada é de 1 hora e meia até 3 horas.

 

Trilha da Caveira

Esta trilha fica mais ao leste e para percorrê-la é preciso pegar o acesso ao norte da praia dos Castelhanos. Você precisará passar pela praia do Gato, a do Saco, do Eustáquio e a do Guanxuma para finalmente chegar ao destino – praia da Caveira. O tempo de percurso é entre 4 horas e meia e 6 horas.

 

Parada para água

 

Em qualquer uma dessas trilhas que percorrer, seja nível fácil, médio ou difícil, você encontrará belas paisagens e várias amostras da fauna e flora da Ilhabela para se encantar. Aproveite e curta o que há de melhor!

Gostou desse artigo? Então dê a sua curtida abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ilhabela: Conheça as principais cachoeiras desse paraíso

Dizem que Ilhabela possui mais de 360 cachoeiras em seu território, algumas de fácil acesso enquanto outras dificílimas, ou seja, é quase uma por dia do ano (já pensou?). Em muitas delas é preciso tomar o acesso por trilhas que, se você ainda não leu, recomendo que leia o artigo sobre as trilhas de Ilhabela postados aqui.

Para alguns estudiosos o número de cachoeiras é um pouco exagerado uma vez que, na linguagem dos índios caiçaras a palavra cachoeira era facilmente empregada para se referir tanto a lajes, quedas de águas, até as corredeiras.

Independente desta questão uma coisa é certa: as cachoeiras são lindas e ideais para se tirar um dia para relaxar e curtir a família ao lado da natureza. Continue lendo este artigo para conhecer quais são as principais cachoeiras de Ilhabela.

Cachoeira Grande do Areado

É considerada a maior em uma ilha brasileira. Estima-se que tenha aproximadamente 200 metros de altura, possui águas cristalinas e não é difícil ver animais por perto que vão ao seu encontro para matar a sede.

Para visitar essa cachoeira é necessário ter autorização do Parque Estadual de Ilhabela que fica na vila. Essa autorização é solicitada porque a cachoeira como vários outros atrativos naturais pertencem a áreas de preservação ambiental ou integram santuários e região de administração da Marinha.

Cachoeira da Água Branca

É formada por duas grandes quedas que possuem altura entre 55 e 62 metros. É de fácil visualização mesmo que ao longe e por isso é muito visitada. Os banhos são permitidos somente em poços. Ela também é conhecida pelo nome de cachoeira da Usina, pois certa vez ela chegou a mover a turbina de uma hidrelétrica pequena que foi desativada em 1993.

Cachoeira da Pancada da Água

Se você achou forte o nome imagine então saber que essa cachoeira também é conhecida pelo nome de Três Tombos. A primeira queda possui aproximadamente 14 metros enquanto a terceira conta com cerca de 21 metros.

A cachoeira fica entre as praias da Feiticeira e do Portinho e pertence ao Parque Estadual da Ilhabela.

Cachoeira da Toca

É, sem dúvida, a cachoeira mais famosa da ilha. Suas principais características são uma ducha de 3 metros e um escorregador com cerca de 50 metros. Se observar, ao lado da cachoeira há uma toca por onde a água percorre e por isso ela recebeu o nome. Fica no caminho da Praia de Castelhanos.

Cachoeira do Ribeirão

Também popularmente conhecida como Bexiga, ela possui duas quedas de água isoladas. Formam belas piscinas naturais com tonalidade verde-amarelada e as trilhas que lhe dão acesso são confusas para quem não tem costume, ou seja, é recomendável contar com o auxílio de um guia. A cachoeira fica entre as Praias: Grande e do Curral.

Cachoeira do Gato

É outra cachoeira fácil de avistar de longe. Possui uma queda de aproximadamente 46 metros que cai sobre as rochas e matas encravadas. O acesso para se chegar até ela é através da estrada de Castelhanos.

Cachoeira do Bananal

É uma cachoeira que possui um tobogã natural e por isso atrai muitas visitas. Imagine escorregar em sua laje e ainda poder contemplar, rapidamente, o mar? A cachoeira do Bananal é uma das poucas privilegiadas com essa paisagem.

É também conhecida como Cachoeira do Quilombo, pois no passado havia em suas proximidades um refúgio de escravos. Além de bananal outro pé de fruta fácil de encontrar em seu entorno é a jaqueira. Para se chegar até ela é preciso se locomover de balsa e depois seguir uma trilha de 4, 4 km de extensão.

Cachoeira do Veloso

É considerada uma das mais belas da ilha. Possui uma altura aproximada de 90 metros. É ornamentada com pedras escuras e alaranjadas, sem contar que há muitos musgos e gramas. Como na cachoeira anterior é necessário tomar uma balsa e depois percorrer algo em torno de 9,5 km de trilha. Mas vale muito a pena o esforço.

Últimas considerações

As cachoeiras como as praias são partes especiais da natureza. Quando você for a Ilhabela não deixe de conhecê-las, mesmo que não dê para ver todas, mas que conheça um bom número. Até lá!

Ps: Surpreendentemente lá sou que a um meio de aprender teologia a distancia, coisa que eu procurava ha muito tempo: 🙂

Vem pra Bahia – Mar na Boca

unabahia

Para desfrutar das praias de Una é necessário atravessar um dos rios da região a partir do povoado de Comandatuba. Isso porque elas estão localizadas em ilhas. Banhos de lama negra medicinal, as corredeiras do Rio Una e o Ecoparque são alguns dos atrativos locais. Há também a Ilha de Comandatuba, estreita faixa de terra separada do continente, com um grande jardim tropical e mais de 20 km de praias quase desertas. Um possui rico artesanato, boas pousadas e hotéis e uma excelente variedade de restaurantes, que privilegiam pratos típicos com frutos do mar mas não excluem a cozinha internacional.

Praias:
Ilha de Comandatuba: o acesso a essa praia é exclusivo para hóspedes do hotel Transamérica Ilha de Comandatuba. Reúne coqueirais e apresenta águas escuras e lama medicinal.

Pedra de Una: essa praia tem águas calmas em todos os períodos das marés e é ótima para pesca. A margem é repleta de coqueiros.

Independência: enseada deserta, com um rio que encontra mar. O acesso é por barco ou por estrada de terra.

Lençóis: praia de tombo, com faixa estreita de areia e mar perigoso. Tem manguezal e restingas, e pode ser acessada por meio de barco.

Itapororoca: praia deserta, com areia contornada por coqueiral. Tem ondulações fortes e é boa para pesca. O acesso só é permitido após autorização da Fazenda Bolandeira.

O que fazer:

Eco Parque de Una: informações pelo tel.: 3633-1121. Reserva Particular do Patrimônio Natural utilizada para pesquisa e visita. Proporciona um passeio em meio à mata atlântica por passarelas suspensas cerca de 20 metros do chão. Permite observar a extração artesanal de borracha, tomar banho de rio e, com sorte, ver um mico-leão-dourado. Os passeios são acompanhados por biólogos e a diversão é para a família inteira.

Artesanatos e lembranças da cidade: povoado de Comandatuba e na beira do rio

Hotel Transamérica Ilha de Comandatuba: Local: Ilha de Comandatuba, s/nº, Ilha de Comandatuba Contato: tel.:3686-1122

Hotel Fazenda da Lagoa: Local: BA-001 (Una-Ilhéus), km 18, Dependência Contato: tel.: (21) 2259-8511

Pousada Real: Local: Praça São Sebastião, s/nº, povoado de Ilha de Comandatuba Contato: tel.: 3236-6114

Acuípe Praia Hotel: Local: Rodovia Ilhéus–Comandatuba, km 28, Praia de Acuípe Contato: tel.: 3269-1295.

Caso esteja no sudeste, vá a Cabo Frio na região dos lagos: Pousada Barata Cabo Frio

Política de privacidade

privacy_policy

Política de privacidade para Mar na boca

Todas as suas informações pessoais recolhidas, serão usadas para o ajudar a tornar a sua visita no nosso site o mais produtiva e agradável possível.

A garantia da confidencialidade dos dados pessoais dos utilizadores do nosso site é importante para o Mar na boca.

Todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que usem o Mar na boca serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de outubro de 1998 (Lei n.º 67/98).

A informação pessoal recolhida pode incluir o seu nome, e-mail, número de telefone e/ou telemóvel, morada, data de nascimento e/ou outros.

O uso do Mar na boca pressupõe a aceitação deste Acordo de privacidade. A equipa do Mar na boca reserva-se ao direito de alterar este acordo sem aviso prévio. Deste modo, recomendamos que consulte a nossa política de privacidade com regularidade de forma a estar sempre atualizado.

Os anúncios

Tal como outros websites, coletamos e utilizamos informação contida nos anúncios. A informação contida nos anúncios, inclui o seu endereço IP (Internet Protocol), o seu ISP (Internet Service Provider, como o Sapo, Clix, ou outro), o browser que utilizou ao visitar o nosso website (como o Internet Explorer ou o Firefox), o tempo da sua visita e que páginas visitou dentro do nosso website.

Cookie DoubleClick Dart

O Google, como fornecedor de terceiros, utiliza cookies para exibir anúncios no nosso website;

Com o cookie DART, o Google pode exibir anúncios com base nas visitas que o leitor fez a outros websites na Internet;

Os utilizadores podem desativar o cookie DART visitando a Política de privacidade da rede de conteúdo e dos anúncios do Google.

Os Cookies e Web Beacons

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoas quando visita o nosso website. Isto poderá incluir um simples popup, ou uma ligação em vários serviços que providenciamos, tais como fóruns.

Em adição também utilizamos publicidade de terceiros no nosso website para suportar os custos de manutenção. Alguns destes publicitários, poderão utilizar tecnologias como os cookies e/ou web beacons quando publicitam no nosso website, o que fará com que esses publicitários (como o Google através do Google AdSense) também recebam a sua informação pessoal, como o endereço IP, o seu ISP, o seu browser, etc. Esta função é geralmente utilizada para geotargeting (mostrar publicidade de Lisboa apenas aos leitores oriundos de Lisboa por ex.) ou apresentar publicidade direcionada a um tipo de utilizador (como mostrar publicidade de restaurante a um utilizador que visita sites de culinária regularmente, por ex.).

Você detém o poder de desligar os seus cookies, nas opções do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas Anti-Virus, como o Norton Internet Security. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites. Isso poderá afetar ou não permitir que faça logins em programas, sites ou fóruns da nossa e de outras redes.

Ligações a Sites de terceiros

O Mar na boca possui ligações para outros sites, os quais, a nosso ver, podem conter informações / ferramentas úteis para os nossos visitantes. A nossa política de privacidade não é aplicada a sites de terceiros, pelo que, caso visite outro site a partir do nosso deverá ler a politica de privacidade do mesmo.

Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses mesmos sites.

Você conhece Saubara na Bahia

A cidade fica no interior do Recôncavo Baiano e possui uma enorme biodiversidade. Tem praias de água limpa e sem ondas, com areia batida e bem branca. Além disso, é banhada pelo Rio Paraguaçu. Há também manguezais, falésias, cascatas e mata atlântica, o que a torna ideal para a prática de esportes ecológicos. Pode-se fazer canoagem, windsurfe, vela e andar de jet ski. Saubara oferece infra-estrutura turística simples.

Praia da Bica: tem bica d’água que brota de uma falésia e recife. É boa para pesca de polvos e lagostas.

Praia de Bom Jesus dos Pobres: na maré baixa é usada como acesso para as praias menores. Tem piscinas naturais e casas de veraneio, além de uma vila de pescadores próxima do canal onde está a foz do Rio Paraguaçu.

Praia de  Cabuçu: indicada para a prática de esportes náuticos. São 27 km de praia de areia batida, com mar de ondas fracas, quiosques e coqueiral.

Lugar onde almoçar em Saubara:

Tia Diva: Local: Rua da Vala, s/nº, Centro Contato: tel.: 3696-1224

Da Sereia: Local: Rua Ananias Requião, s/n°, Centro Contato: tel.: 3696-1163

Pousadas

Pousada Cabuçu: Local: Rua Euclides Conceição, s/nº, Centro Contato: tel.: 3699-1337

Pousada Central do Hugo: Local: Praça Tancredo Neves, 12, Bom Jesus dos Pobres Contato: tel.: 3699-2281

Pousada Beira Mar: Local: Loteamento Praia de Oxóssi, s/nº, Cabuçu Contato: tel.: 3699-1073

Pousada da Sereia: Local: Rua Ananias Requião, s/n°, Centro Contato: tel.: 3696-1163

Pousada do Vítor: Local: Rua Luís Viana Filho, s/nº, Cabuçu Contato: tel.: 3699-1062

Mar Na Boca Restaurante

1312065704

Situado numa das transversais da região mais charmosa de Salvador, o Corredor da Vitória, localiza-se o Mar na Boca Restaurante. Aqui você irá encontrar um ambiente acolhedor, aconchegante e sofisticado, decorado por obras do renomado artista baiano Bel Borba.

O cardápio segue a proposta da culinária clássica espanhola e é cuidadosamente elaborado pelo proprietário e Chef Tako Pezanoga Larrea. Gambas al Ajillo, Tortillas Espanhola, Lulas na sua tinta e Bacalhau Ajoarriero e Pil Pil são algumas das variedades do menu.

Novidades da cozinha mediterrânea complementam a lista de iguarias do Mar na Boca. São peixes ao forno, arroz integral, natural, calasparra ou negro, também o filé-mignon com tutano e o cordeiro Al Chilindron. Tudo pensado e preparado com intuito de satisfazer o cliente.

As sobremesas são parte das delícias da casa e merecem destaque: Leche Frita, Trio do Céu, Ilhas Flutuantes e sorvetes afrodisíacos, que valorizam ainda mais a rica cozinha espanhola.

Além de tudo isso, o menu degustação é um passeio pela melhor culinária espanhola. São nove porções de cada especialidade da casa a R$85. Sem esquecer o menu de vinhos, com duas taças de vinho branco e duas de vinho tinto a R$129.

Na adega, vinhos brancos e tintos espanhóis harmonizam com os mais de 40 pratos do cardápio.

Venha desfrutar as delícias da culinária espanhola conosco.

Bom Apetite!